segunda-feira, agosto 19, 2013

Tirando a ferrugem dos sonhos com o óleo da graça de Deus


Pastor Armando Vanelli


Acordei bem de madrugada hoje e no devocional comecei a refletir num texto de Josué capitulo 1, depois de ter lido por diversas vezes, lembrei-me de algo. Perdoe-me a falsa modéstia, mas sou dono de uma memória prodigiosa, fotográfica e que possui arquivado na fita mnemônica fatos que parecem esquecidos, mas sempre estão sendo revistos. E isto não é capacidade peculiar minha, todo ser humano tem isto, às vezes alguns tem um pouquinho mais de preguiça para pensar e relembrar situações.

Desta feita lembrei de uma abordagem que os pastores Evandro e Nohemy me fizeram acerca de um jovem, ex-aluno do Centro de Recuperação, e ele por ali apareceu e acabei contando aos pastores sobre a facilidade que ele tinha de  guardar textos inteiros da Bíblia. Interessados pelo caso, pedimos a ele que falasse o maior versículo da Bíblia, Ester 8:9. Ele meio envergonhado usou uma expressão antes de citar o texto "ando meio enferrujado, mas vamos lá". E citou sem perder uma vírgula, ponto ou palavra.

Confesso que fiquei por bons dias pensando o que queria dizer aquele jovem com a expressão, "ando meio enferrujado". Depois de muito esforço e com a ajuda do Espírito Santo, lembrei-me de que por diversas vezes ministrando sobre livro de Josué, fiz citações de que "vontades, desejos e sonhos" não podem enferrujar dentro de nos.  E então lembrei-me de alguns sonhos que ainda tenho, mas que estão merecendo ser desenterrados porque eles estão se enferrujando na mente. Fui tomado por um sentimento introspectivo e comecei a indagar o que tenho feito com aqueles sonhos. Porque os enterrei? Mas também pensei: e as ovelhas, o que será que elas fazem com os seus sonhos?

Vislumbro-me em pensar que cada vida é um depósito de sonhos, intenções e objetivos, mas a meu exemplo, também penso, porque estamos deixando muitos destes sonhos serem corroídos pela ferrugem do tempo? Arquivamos os nas gavetas mentais, nas prateleiras da alma, e esquecemos que muitos destes sonhos tiveram o incentivo  da Palavra de Deus. Um chamado missionário, a vontade cantar na igreja, de evangelizar, de fazer algo especial para o Senhor, mas de repente emergiram não se sabe de onde circunstâncias que relegaram os a um segundo plano e acabaram caindo na ferrugem do esquecimento.


Penso que Deus é um grande incentivador destes sonhos para que eles aconteçam. Eu fiquei parado por bom tempo diante da situação de Josué. Um dia Moisés falou de um sonho para ele, a entrada na terra prometida. Moisés que do Monte Nebo avistou a terra prometida, deve ter pintado um quadro tremendo acerca da terra terra prometida. Na verdade, era o sonho de Moisés chegar aquela terra. Josué, como imediato do grande líder também anelava tal façanha, mas entre o capítulo 34 de Deuteronômio e Josué 1, Deus chama Moisés leva-o ao ao cume do Pisga, no monte Nebo, bem defronte a Jericó, e o Senhor começa a mostrar a Moisés. 

Olha Moisés, veja a terra desde Gileade até Dã, ali está Nafatli, a terra de Efraim e Manassés, toda a terra de Judá, até o mar Ocidental. Moisés olhando a terra e Deus disse: ainda tem mais: veja o Neguebe, e a planície do vale de Jericó, a cidades das palmeiras, até Zoar. Agora Moisés tenho que falar outra coisa, isto tudo que você está vendo, eu prometi para Abraão, Isaque e Jacó e que esta terra linda que você vê, eu a daria a descendência deles, você está nesta relação, mas eu apenas te fiz vê-la com os teus olhos, mas você não irá para lá.

Que conversa dura. Mas, Deus não matou o sonho de Moisés não. Deus tinha algo especial para Moisés. Dois dias depois, Moisés visita a terra prometida, ainda que que os israelitas choraram a sua morte por trinta dias. Não parece loucura? Parece, mas a Bíblia diz para Deus um dia é como mil anos. Então Deus faz do jeito Dele. Em Lucas 9:28-35 fala com clareza sobre a transfiguração de Jesus no monte, enquanto Ele orava, o rosto de Jesus mudou, sua roupa tornou-se branca e resplandecente e Moisés e Elias falavam com Jesus tratando da partida deste que estava prestes a acontecer. Pedro aturdido pelo sono, ainda teve um tempinho para ver a glória e os dois homens que estavam com Jesus, e no maior empenho propõe a fazer pequenas cabanas para os três, mas não sabia o que dizia. Deus não mata  sonho de ninguém. O que Moisés não experimentou pisar em vida, agora com Jesus,leva-o dois dias depois da morte de Moisés,  visitar a terra prometida. 

Mas por que? Porque Deus faz do jeito que Ele quer e quando quer. Agora ele tem que fazer Josué realizar o sonho de experimentar a entrada na terra. Josué é convocado no capítulo 1, e agora diante da terra prometida, Josué tem uma multidão para conduzir.  O sonho de Josué era conhecer a terra prometida entrando com Moisés, seu líder. O sonho de Deus era fazer de Josué o líder que levaria o povo para a terra prometida. Deus sabia o que queria com Josué, este homem, um imediato de Moisés para liderar uma conquista histórica. 

O que ocorre em nossas mentes quando somos chamados a um cargo superior que até então ocupamos? Ah!muita coisa: mas eu? Será? nossa!!!, não tinha outro? Por que eu? Porque Deus te levantou para fazer algo no ministério, que até aos olhos humanos meneiam  a cabeça. E há os que dizem : você não sabe, não é capaz. Mas quem te incentivou? Homem ou Deus? DEUS!!!Então vai nesta sua força.

Pensamentos mil invadiram a mente de Josué e um deles provavelmente seria: Será  que este  povo  irá me obedecer? Veja que obediência a lideres é um problema antigo. Outro pensamento com certeza era: agora Moisés está morto, será que os milagres ainda acontecerão? Mas, a benção era que o Senhor estava assistindo a Josué, então Deus chamou Josué para conversar e nesta conversa o Senhor dá a Josué a formula para a vitória e conquista dos sonhos.

Que fórmula era esta? Ouvir e obedecer a Deus, esforçar-se e ter bom ânimo. Quem quiser ver sonhos realizados tem que ter coragem para conquistá-los.Ter coragem é não temer. Não temas, diz o Senhor. Por toda a Bíblia repetidamente Deus utiliza-se desta frase. Há 365 vezes a frase não temas na Bíblia, se ousássemos crer nesta verdade apenas uma vez por dia atravessaríamos o ano debaixo da graça. Mas porque Deus usa esta expressão por quase todos os livros da Bíblia? Porque Deus conhece o ser humano e sabe que o medo paralisa a conquista dos sonhos. 

A conquista de Canaã foi atrasada em 40 anos e transferida das mãos de Moisés para Josué e Calebe, porque toda uma geração de hebreus trocou a fé pelo medo. Olha a narração de Nm 32:8-13 "Assim fizeram vossos pais, quando os enviei de Cades-Barnéia a ver esta terra. Chegando eles até ao vale de Escol e vendo a terra, desencorajaram o coração dos filhos de Israel, para que não viessem à terra que o Senhor lhes tinha dado. Então, a ira do Senhor se acendeu naquele mesmo dia, e jurou, dizendo: Certamente, os varões que subiram do Egito, de vinte anos para cima, não verão a terra que prometi com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó, porquanto não perseveraram em seguir-me, exceto Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, porque perseveraram em seguir ao SENHOR. Pelo que se acendeu a ira do Senhor contra Israel, e fê-los andar errantes pelo deserto quarenta anos, até que se consumiu toda a geração que procedera mal perante o Senhor."

Aqui está patenteado, é real, quase que tangível. Quem teme em avançar, quem não usa a fé, acaba dando lugar ao medo, ao temor, e então adia e paralisa a realização dos seus sonhos. Não se deixe vencer pelo medo, lance-o fora através do amor! Jesus fez Pedro declarar três vezes o seu amor para ser livre do medo, que fez com que ele negasse ao Senhor. O verdadeiro amor lança fora o medo (I Jo 4:18). 

Quem quer ver sonhos realizados não pode se espantar com nada.Canaã era lugar de grandes frutos, terra que mana leite e mel, mas também era terra de gigantes. (Nm 13:23, 27-28) Para conquistar a realização dos nossos sonhos é preciso vencer gigantes. Davi foi reconhecido, por que teve fé para vencer Golias, que havia paralisado todos os guerreiros de Israel e seu rei com o terror. Jesus venceu ao próprio Satanás antes de iniciar seu ministério. Não fique espantado com as lutas porque a promessa da vitória é nossa. Não te assuste com afrontas e desaforos, assim aconteceu com Jesus e com os apóstolos, mas como eles venceram, também nós venceremos. 


Se queremos ver nossos sonhos realizados, precisamos crer que Deus está ao nosso lado até a vitória. Esta é uma das mais preciosas promessas da Bíblia. Deus está conosco por onde nós andamos. Ele nunca nos abandona. Para vermos nossos sonhos realizados é precioso entrar no terreno do inimigo. Nunca alcançaremos vitória sem possuir o território. Deus avisou a Josué que na porta da terra sonhada estava ocupada por inimigos poderosos. Falou isto? Falou, mas também disse: pode ir, eu irei contigo, por onde quer que andares.

Se nos movermos em direção a conquistar sonhos e propósitos, Ele caminha e marcha ao nosso lado para vencermos, mas é preciso de uma coisa: irmos. Vamos lá. Mexam-se e conquistem! Busquem o que o Senhor nos prometeu. Ele é nossa  melhor garantia, não nos  deixará nem nos  abandonará. Com Deus ao nosso lado no meio da luta “Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido.” (Sl 91:7). Esta é a promessa, tomemos  posse! .

É tempo de renunciar  todo medo. Devemos  orar e determinar que todo o espanto bata em retirada, e que venha sobre nós o espírito de ousadia para caminhar triunfante no reino de Deus. Quer ver seu sonho realizado, coloque-o sobre o controle de Deus, imagine o como um filho, gere-o, e se prepare para a conquista de Canaã, isto é, o recebimento da cura para a sua vida, a paz para a sua família e as conquistas materiais. Não temas, os seus sonhos são os sonhos de Deus e os sonhos de Deus não morrem jamais. Óleo à vontade neles, desenferruje-os.



Um comentário:

J Barros disse...

Muito bom o texto. Realmente se não tivermos o cuidado podemos esquecer das promessas de Deus. O livro de Josué é uma prova viva de que o mesmo Deus que esteve e operou na vida de Moisés é o Deus de Josué. Este também é o nosso Deus que nos garante a vitória contra os nossos inimigos espirituais.