quinta-feira, junho 26, 2008

Evangelicos vão ao Senado Federal contra o PLC 12é


MANIFESTAÇÃO
dos EVANGÉLICOS
EM BRASÍLIA CONTRA O PROJETO DE LEI 122/06
Blog Olhar Cristão - www.olharcristao.blogspot.com

Fotógrafo: Marcelo JS Photo - Campinas
Photobucket

Foto: Marcelo
JS Photo
MARCELO JS5

Foto: Marcelo JS Photo
marcelo js 2

Foto: Marcelo JS Photo
Photobucket

Foto: Marcelo JS Photo
MARCELO JS4
Fotógrafo: Marcelo JS Photo - Campinas - marcelojsphoto@terra.com.br


Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom
Photobucket

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom

Photobucket

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom
Photobucket

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom
Photobucket

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom
Photobucket

Foto Ed Ferreira
Photobucket

Foto Ed Ferreira
Photobucket

Foto Ed Ferreira
Photobucket

PORQUE OS EVANGÉLICOS FIZERAM UM MANIFESTO EM BRASÍLIA
no dia 25 de junho de 2008

João Cruzué

Escrevo este texto porque estou convicto de que há pessoas inteligentes, cartesianas, que interpretam e analisam bem um texto, embora não comunguem do nosso credo nem da mesma idiossincrasia. Eu sei que o medo e o ódio devem ser combatidos pois nunca trouxeram paz à humanidade e como cristão consigo identificar perfeitamente que nossa luta não é contra pessoas, pois que as amamos, mas contra uma nuvem escura que paira sobre a liberdade de expressão, um cavalo de tróia chamado de Projeto de Lei 122/06. É Por respeito a esses leitores que deixo aqui minha opinião, que não difere em substância da maioria dos evangélicos e de suas lideranças, ao classificar este projeto como uma ameça à liberdade de expressão.

Evangélicos e católicos não odeiam pessoas homossexuais.

Há uma razão para isto: Jesus Cristo, o fiador do Novo Testamento, sempre foi o advogado das pessoas "diferentes". Foi assim com Zaqueu, com a mulher samaritana, com Maria Madalena, com a mulher adúltera do Evangelho de João. Ele era, é, e será sempre a expressão do amor de Deus. Por falta de conhecimento muitos consideram Deus um carrasco ou um monstro. Onde está o erro desta idéa? Deus se manifestou entre os homens como Jesus. É este Deus que conheço: amoroso, perdoador, fiel, paciente, compassivo e misericordioso. Jesus é a imagem não distorcida de Deus. O comportamento de poucos e falsos seguidores não é uma premissa lógica para a compreender a idéia de Deus. Da mesma forma que Osama Bin Laden não está para o Islã.

As atitudes da maioria dos crentes pauta-se pelo amor e respeito cristãos. Se Deus é amor, onde houver um cristão deve existir: respeito, comunicação, paciência, esperança e tolerância - que são os frutos do amor. Por causa de um conselho do apóstolo Paulo, posso inferir que no dia de amanhã possa eu estar caído da graça e em meu lugar um homossexual regenerado servindo a Deus. Este fato pode acontecer comigo, pois no vestibular de Deus duas matérias são eliminatórias: compaixão e misericórdia!

Há pessoas crentes radicais? Sim! Como em qualquer outro segmento social. Se no passado alguns pastores evangélicos cometeram excessos e expuseram a vida íntima de pessoas, hoje percebo que a prudência e o respeito evoluiram e melhoraram entre eles. Cabe explicar que Igreja Evangélica brasileira, e toda sociedade, de certa forma ficaram miseravelmente sujeitas à influência de uma ditadura, que graças a Deus acabou. Se houve extremismo, hoje há moderação. Nunca li na grande mídia brasileira que crentes reunem-se para linchar gays. Isto acontece apenas em algumas novelas da Globo.

Por que os evangélicos foram protestar em Brasília?

Com certeza não foram para tirar o direito de escolha sexual de quem quer que seja, se nem Deus faz isto. O que está escrito na Bíblia não impede as pessoas de exercer o livre arbítrio, pois Deus não nos criou robôs ou "zumbis" mas seres humanos dotados de intelecto e vontade próprios. Os evangélicos foram a Brasília com o propósito de manifestar de forma pacífica e ordeira contra a ameaça da perda do direito constitucional de liberdade de expressão, não apenas deles como de toda a sociedade.

Se uma pessoa homossexual tem o direito de expressar-se livremente e criticar a Bíblia, os crentes, os católicos - nós não queremos perder esse mesmo direito para fazer o contraponto. Se um projeto desses passasse, e o que vale na justiça é a letra da lei, qualquer pai, mãe, pastor ou padre, que abordarem em casa, na Igreja, no trabalho que a opção pelo homossexualismo é um pecado condenado pelas grandes religiões, correriam o risco de serem processados, condenado, presos por abordarem o assunto de acordo com suas consciências. Isto nos levaria ao erro de uma nova inquisição.

Por isso, os crentes e também posso dizer os católicos, não têm nenhum desejo de linchar, machucar, matar, ferir homossexuais nem desrespeitar as escolhas e preferências sexuais de ninguém. Querem, sim, que a Constituição Brasileira continue assegurando a todos, indistintamente, o direito de criticar , e o direito integral à liberdade de expressão. Isto não é "homofobia", muito pelo contrário, chama-se Democracia!

João Cruzué
Blog Olhar Cristão
cruzue@gmail.com

25 comentários:

Diógenis Santos disse...

Olá amigos blogueiros, por favor, corrijam o texto "EVANGÉLICOS PROTESTAN NO SENADO FEDERAL" - onde se lê PROTESTAN, leia-se PROTESTAM, com M no final e não N. Parabéns pelo Blog, se quiserem tenho mais algumas fotos do evento dentro da sala da presidência do Senado quando da entrega do manifesto.
Um abç
Diógenis Santos

João Cruzué disse...

.

Ficamos honrados com sua visita, e mais ainda com sua colaboração. A crítica procede e procedemos a devida correção.

Muito obrigado.

.

rock be disse...

ridiculo v6 aevangelicos naum temquen fazer nada no senado lugar de igreja e na igreja.

Vertigin disse...

Era só o que faltava, as pessoas protestarem a favor do preconceito e discriminação...
A maioria dos homossexuais não 'escolhem' ser de uma hora pra outra, simplesmente DESCOBREM isso quando chega a idade da puberdade. A ciência estuda que isso possa vir de nascença. Aliás, o que faz esses 1000 crentes melhores que os homossexuais? pelo que eu sei eles não matam ou fazem mal pra ninguém, gays em geral só gostam de pessoas do mesmo sexo. É TÃO inaceitável que duas pessoas se amem?? Quem são essas pessoas pra julgarem o que permitem ou não que as pessoas façam?? Muitos teístas prefeririam ver seu filho morto do que gostando de alguém do mesmo sexo. Espancam, humilham, expulsam de casa o proprio filho por algo que ele não tem culpa. Agora vão dizer que isso é ético? moral? isso quer dizer que são boas pessoas? Na minha opinião, só diz que são lunáticos, ignorantes, preconceituosos, e narcizistas. E depois falam de Hitler.
Homofóbicos são pela familia? pois é. Mas claro, se alguém da familia for gay ou bissexual, isso tem que ser repensado, e talvez tenham que excluir ele. Não, homofóbicos NÃO são pela familia, homofobicos são pelo seu próprio orgulho e ignorancia. pela sua própria intolerância, e sua falta de amor ao proximo. (um pouco contraditório, que defendam a biblia dizendo que fala de amor, enquanto pregam e lutam pelo ódio)

Tailini disse...

Tudo bem não concordar com algo,e seguir a biblia e tudo mais...
Vocês tem idéia de quantas pessoas são espancadas diariamente por causa de homofobia?Não.
Estão preocupados em seguir regras de uma biblia escrita por HOMENS,em vez de notar que Deus espera bondade das pessoas.Com essa lei sabem quantas pessoas seriam salvas?
Mas não..é importante seguir as leis de não sei quantos anos atras.

Joao Cruzue disse...

.

Replica para Rock not to be

Obrigado pela coragem de comentar, gostei. Pode voltar sempre.

Cara suas idéias estão 150 anos atrasadas, é melhor tomar um chá de politização.

Já estamos no século XXI, o tempo da princesa Isabel já foi ó...


Abraço.


.

Joao Cruzue disse...

.

Replica a Vertigin

Obrigado pela participação. Este espaço e público e zelo para que todos participem, desde que com educação. Você é uma pessoa que merece meu respeito.

*Veja bem, crentes não são melhores que homossexuais, e a recíproca também é válida.

*Quem espanca homossexuais, deve ser devidamente processado e julgado e se condenado, deve ir preso.

*Sou crente há 33 anos e não tenho tenho ódio por homossexuais.Nem nas Igrejas que congreguei nunca vi nenhum pastor discriminar publicamente nenhum homossexual. Meus pastores eram e são homens de Deus que aprenderam a amar as pessoas copiando o exemplo de Jesus Cristo - que nunca discriminou ou foi preconceituoso com ninguém.

*Agora uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa: o texto do PLC peca por falta de clareza. Do jeito que está ali, se aprovado, todos os homossexuais ficarão acima de todos os cidadãos, porque vai tipificar qualquer CRÍTICA como crime. E crítica não é nem preconceito nem discriminação. É livre em nosso país o direito de expressão, e queremos que isto continue assim.

O que nada tem a ver com preconceito ou discriminação. Só queremos que a Lei não torne crime o exercício de criticar a opção homossexual, que nós crentes fazemos com base na Bíblia. Se a sociedade pode criticar os crentes, Deus, o Presidente, os Políticos, a Bíblia, o Pastor, o Papa, porque vamos permitir que um Projeto exdrúxulo desses dê atributos que nenhum segmento social tem?

Pense Bem!

Com carinho, em Cristo

Irmão João Cruzué.


.

luiz disse...

“Senhor, sabemos que há uma maquinação para que este País seja transformado numa Sodoma e Gomorra (cidades que, pela Bíblia, foi arrasada por Deus pela prática da luxúria). Um projeto desses vai abrir as portas do inferno”

Bom, não vou nem comentar sobre quantas MILHÕES pessoas já morreram por preceitos obsoletos que a igreja impunha.Pecado por pecado, há também a ira, que é só o que eu consigo ver nas fotos.

Marco Cezar disse...

Conclamo todas as pessoas de bem deste país a fazer uma passeata em frente ao senado a favor da censura a um livro que auto proclamam como sendo o dono da verdade a respeito de deus, chamado por muitos de BÍBLIA.
Este livro deve ser proibido para menores de 21 anos por conter, linguagem chula, atrocidades, incentivo a criminalidade, genocídio, discriminação, preconceito e mais inumeras barbaries.

Algumas das mais lindas PÉROLAS BÍBLICAS

E suas crianças serão despedaçadas perante os seus olhos; as suas casas serão saqueadas, e as suas mulheres violadas. Isaias 13:16

E os seus arcos despedaçarão os jovens, e não se compadecerão do fruto do ventre; os seus olhos não pouparão aos filhos. Isaias 13:18

Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras. Salmos 137:9

Matai velhos, jovens, virgens, meninos e mulheres, até exterminá-los. Ezequiel 9:6a

E o SENHOR nosso Deus no-lo entregou, e o ferimos a ele, e a seus filhos, e a todo o seu povo.
E naquele tempo tomamos todas as suas cidades, e cada uma destruímos com os seus homens, mulheres e crianças; não deixamos a ninguém. Deuteronômio 2:33,34

Cairão à espada, seus filhos serão despedaçados, e as suas grávidas serão fendidas pelo meio. Oséias 13:16b

Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada;
Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;
E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.
Mateus 10:34-36

Joao Cruzue disse...

.

Réplica a Marcos César

Obrigado pela visita e pelo comentário.

A análise de um texto fora do seu contexto leva a interpretações distorcidas. É o que você fez.

Dê-me qualquer livro e deixe-me pinçá-lo aleatoriamente como fez, que posso produzir uma interpretação ainda "melhor" que a sua.

Não estamos mais no Velho Testamento, mas na vigência do Novo. A lei mudou e quem a mudou foi Cristo, Deus humanizado em forma de homem, que não agia sob preconceitos, ódio e discriminação.

O resto, com todo respeito, é papo de biblifóbico.

João.

.

Cupernicanos disse...

Hum... Se todos os evangélicos admitirem o que estes que lá foram protestar, admitem, então, todos estão perdidos. Ser gay não difere do ser hetero. Só uma mente muita perturbada é incapaz de enxergar isto. Talvez, o que ns evangélicos - sua minoria - ainda não enxergou é a sexualidade não é pre-requisito para salvação, pois se assim o fosse o próprio salvador teria dito.

João Cândido Tessar

Joao Cruzue disse...

.

Resposta a João Cândido Tessar

Obrigado pela participação e comentários. É muito bom conhecer seu ponto de vista.

Entretanto, demonstra total desconhecimento bíblico quando afirma que a sexualidade não é pré-requisito para a salvação.

Na verdade o que salva é a Graça de Deus; para permanecer debaixo desta mesma graça, há de se ter um viver santo nas três esferas do ser humano: corpo, alma e espírito. Portanto, de acordo com a Bíblia, a imoralidade sexual, pode, sim, levar uma pessoa a perder a salvação.

Quanto à liberdade de protestar, de forma ordeira, isso é muito bom e só acontece nas melhores democracias do mundo. Ser intolerante quanto a isto é demonstrar preconceito e discriminação, afinal se todos podem fazer seus protestos, os crentes por ventura são seres inferiores?

Decerto que não, e acredito que seu comentário não quis dizer isto.

Um abraço.


.

Felipe disse...

[b][i]Joao Cruzue [/b]
"Não estamos mais no Velho Testamento, mas na vigência do Novo. A lei mudou e quem a mudou foi Cristo, Deus humanizado em forma de homem, que não agia sob preconceitos, ódio e discriminação."[/i]

O velho testamento não foi revogado ou deixou de ter validade, em concordância com o que dispõe os livros sagrada das religiões judaico-cristãs, foi "deus" quem deu a Lei a Moisés, e assim como disse está em Salmos cap 19, 8; "[b]A Lei de Javé é perfeita"[/b].

A única diferença entre as duas alianças de “deus” com a humanidade é que a partir da nova aliança a remissão dos pecados não se dará mais através do sacrifício de animais e sim; aceitando o sacrifício do "cordeiro de deus" e seguindo seus ensinamentos.

Sendo assim a coisa muda de figura [a]além de seguir o que diz a Lei[/a], (porque ao contrário do que afirma esta não foi revogada de forma tácita, muito menos expressamente, como explicarei abaixo; J[b]esus diz claramente que a Lei continua tendo validade[/b]) você deve aceitar e seguir os ensinamentos do "filho de deus" ou queimará no inferno, no fogo eterno de "deus", do "mal".

[b]Jesus nunca negou o velho testamento, podemos ver isso na própria bíblia.[/b]
Pegue a sua bíblia em casa e verifique se tiver duvidas;

Palavras de Jesus segundo o evangelho de São Mateus, cap 5, 17-18; "[b]Não pensem que eu vim abolir a Lei e os Profetas. Não vim abolir, mas dar-lhes pleno cumprimento.[/b] Eu garanto a vocês: antes que o céu e a terra deixem de existir, nem sequer uma letra ou virgula serão tiradas da Lei, sem que tudo aconteça."

Assim fica claro que todas as Escrituras dos Profetas e a Lei, (chamada também de Lei de Moisés (Torah Moshê), ou Torá pelos judeus, ficou conhecida no cristianismo depois na tradução grega Septuaginta como Pentateuco, que constitui os cinco primeiros livros da Bíblia cristã, eles são Bereshit (Gênesis), Shemot (Êxodo), Vaicrá (Levítico), Bamidbar (Números), Devarim (Deuteronômio)) NÃO FORAM REVOGADAS. Jesus veio para fazer cumprir não pra abolir. Ou seja o Ant. Testamento ainda está expressamente em vigor.

Além disso, está na segunda carta de São Pedro, cap. 1, 20-21; "A[b]ntes de mais nada, saibam disto: nenhuma profecia da Escritura provém de interpretação particular[/b], pois a profecia jamais veio por vontade humana. [b]Pelo contrario, impelidos pelo Espirito Santo, os homens falam como porta-vozes de Deus.[/b]"
Ou seja, os profetas, sejam do velho ou do novo testamento, são inspirados pelo Espírito Santo, ele não comete erros. Se lembram? Onisciente, conhece passado, presente e futuro.

Ainda no novo testamento, na segunda carta de Timóteo, cap 3, 16; "[b]Toda Escritura é inspirada por Deus[/b] e é útil para ensinar, para refutar, para corrigir, para educar na justiça"

Ainda resta duvida??

Joao Cruzue disse...

Réplica a Felipe:

Na verdade Cristo não veio par mudar a lei, mas para cumpri-la, posto que ninguém tinha conseguido tal proeza.

Entretanto, houve um novo concerto sim, baseado no sangue de Cristo. O Velho testamento passou. Isto não significa que foi anulado, mais aperfeiçoado.

Conhecendo como é díficil mudar, e principalmente se o assunto é religião, Cristo não se envolveu com isso, mas após sua morte, as bases da Igreja foram lançadas.

A profundidade dos argumentos no Livro de Hebreus não seria entendida naquela época.

Obrigado pela participação e seus comentários. Contudo, o Objetivo de meus blogs não é discutir os fundamentos cristãos, porque sempre haverá alguém que saiba mais que eu e você.

Procuro um saber temperado. É público e notório que o conhecimento sem limites leva ao desvio e ao cair da graça. Prova? Por que as lideranças do tempo do Cristo não enxergaram o Messias nele? Porque estavam cegos com o próprio cabedal de conhecimento. E o que dizer de Nietzsche? E do próprio lúcifer. Aqui está: não a minha dúvida, mas a certeza: uma busca pelo equilíbrio entre o saber e a graça.

Eu sei que em um coração presunçoso não há espaço para o Espírito, senão para o vazio. E humildemente venho dizer que tenho estou muito consciente do potencial de minha presunção. O bastante para vigiá-lo e temê-lo.

Eu gosto de escrever mensagens. Contribuir com coisas simples mas úteis. Há sempre alguém precisando de uma palavra amiga e poucos para oferecê-la.http://olhar-cristao1.blogspot.com
Tenho prazer nisso, uma vez que já passei por onze longos anos de desemprego, depressão e muita angústia, e de lá saí fortalecido e mais consciente e menos arrogante.

Por isso Cristo e a Bíblia para mim não são temas de discussão, mas alimentos de necessidade básica, mesmo.

Sobre as dúvidas, desde que aceitei Jesus, não tenho mais dúvidas grandes, a não ser algumas e muito pequenas.


Com carinho, Irmão João.

Joana disse...

Olá caro colega,
Pensando a respeito da história do cristianismo, este já apoiou tantas coisas que hoje vemos como coisas completamente repugnantes. Por exemplo, na época da escravidão, a igreja catolica dizia que os negros não possuiam alma (por isso poderiam ser escravizados), na idade média houve a inquisição com a caça as bruxas e dos hereges. E para tudo sempre encontraram respaldo na biblia, e a unica intenção daqueles que a seguiam (não daqueles que coordenavam) era preservar a idéia que se tinha de sociedade tal como Cristo supostamente havia pregado....

Então eu me pergunto, será que não está havendo mais uma distorção dos propósitos de Cristo mantendo assim a discriminação de algum grupo da nossa sociedade?

Sim, tens o direito de expressar-se livremente, porem este é o mesmo discurso que, por exemplo, grupos racistas norte-americanos utilizam para reafirmar o seu 'direito' de publicar a ideologia preconceituosa e discriminatória.

Leonardo Filizolla disse...

O grande problema de todo o mundo é sempre a preocupação com a felicidade alheia. Não consigo enxergar o que impede de uma comunidade evangélica viver em uma mesma sociedade com uma comunidade GLBT.
O que falta é respeito mútuo entre os seres, independente de suas crenças.
Não somos uma só pessoa portanto não temos que compartilhar as mesmas opniões.
Se houvesse respeito não precisaria da tal Lei, que na minha opnião, é muito necessária.
Colocar Deus, Bíblia, no meio de uma discussão, para explicar, definir, analisar a condição homossexual, é uma medida completamente estapafúrdia, pra não dizer ignorante.
O que faz uma pessoa ser homossexual nem ela mesmo pode explicar, quanto mais a Bíblia, um livro de milhões de anos atrás, que todos sabem, não foi enviado do Céu por fax.
E o "Amai uns aos outros como eu os amei" onde é que fica?
É um pecado horrendo assim, amar alguém do mesmo sexo?
A Lei é extremamente necessária e não coloca os homossexuais acima de nenhum ser humano, como a Lei Maria da Penha não põe a mulher em nível superior também.
Elas denunciam os seus agressores, os homossexuais denunciam os preconceituosos que lhe causaram alguma humilhação.
É a mesma coisa.
Os evangélicos continuam achando a homossexualidade um pecado, uma agressão a Deus e tudo bem!, estão manifestando sua opnião com outros que compartilham da mesma.
Como os homossexuais podem também tem as suas opniões sobre o assunto.
Como qualquer pessoa pode ter sua opnião sobre qualquer assunto.
O que não pode acontecer é você ser apontado, humilhado, excluído por uma coisa que você é e que não faz mal a ninguém.
O que uma pessoa faz entre quatro paredes não impede dela ser justa, honesta, digna e cidadã.

HOMOFOBIA É CRIME!

Joao Cruzue disse...

.

Com a publicação da réplica à Joana, cujos comentários foram inteligentes e educados, quero agradecer a todos os leitores e comunicar estão encerrados os comentários.

Isto porque os argumentos prós e contra ao assunto já se encontram explorados o suficiente para definir posições.

João Cruzué.

.

Joao Cruzue disse...

Réplica para Joana.

Sua Análise está corretíssima, mas discordo da conclusão

Deus é uma pessoa, e religião outra coisa. Em nome da religião fizeram, fazem e ainda serão feitas muitas besteiras. Antes de seguir na réplica, quero dizer duas coisas:

Uma: não sou pastor, embora já tive oportunidade de cuidar de uma igreja em um bairro violento da Capital de São Paulo. Por isso posso ver as coisas dos dois lados.

Dois: Tenho fé em Deus e desconfio da religião e de suas lideranças. Faço parte não do pensamento retrógrado das Igrejas evangélicas , mas daqueles que vão transformá-lo. A prova é: sendo tão ortodoxos, quando é que eles publicariam blogs, considerando que acham que na WEB só tem pornografia?

Dito estas duas coisas,

Tenho um relacionamento pessoal com Deus, e bastante cuidado com as idéias de meus pares, pois sei muito bem o que é "brain washing" e indo direto ao ponto: se não policiar minha maneira de pensar (idiossincrasia)posso incorrer no erro de repercutir o que há de pior de uma seita/Religião- achando, equivocadamente, que a razão me pertence.

Estou consciente e alerta o bastante para entender que a propria estrutura reliosa do tempo de Cristo foi a mesma que o perseguiu e o matou. Traduzindo: servir a Deus é uma coisa, e pensar que o servindo é outra. Não sou um clone de outros crentes.

Sobre o Cristianismo.

Sobre o Cristianismo, talvez em nome dele tenham sido feitas a piores barbaridades as épocas nos últimos 19 séculos. Gandhi já dizia que quero o seu Cristo, mas não o seu "cristianismo". Isso que você conhece por cristianismo, é a parte falsa. Um cristianismo manipulado por homens corruptos que o tornaram objeto de lucro. Isto não é cristianismo, e discussões sobre ele é pura perda de tempo.

O Cristianismo verdadeiro, que identifico e conheço está nas páginas dos quatro livros do Evangelho. Cristo era a expressão do amor de Deus humanizado.

Se eu não cresse assim, não teria nenhum sentido para mim seguir um Deus vingativo, mau, carrasco. Se o que para mim não prestasse, como pois teria coragem de levá-lo a outros. O Cristo que conheço e o Deus que sirvo são a mesma pesssoa.

Só para você ter uma idéia de quem eu sou e a que Deus sirvo: antes de me tornar um crente, caia de epilepsia pelo meio da rua. Vocé já teve a oportunidade de ver um pessoa epilética tendo espasmos? Foi a primeira bênção que recebi assim que me tornei crente. Eu era muito infeliz, criado em uma família extremamente avarenta, que xingava muito e me batia ainda mais, tanto na infância quanto na adolescência.

Fiquei curado, e longe de casa, sozinho, conheci Jesus e fiz amizade com o povo crente. Com certeza tem Judas em nosso meio, mas eles não são nossos padrões. O tempo cuida de expor, destituir e apagar a memória dos hipócritas de dentro de nossas Igrejas. Mas para cada hipócrita tem 1000 pessoas maravilhosas, que não estão em evidência, mas que vale a pena ser amigo delas.

Eu não nasci crente, me tornei um e amei. passei por momentos terríveis - como onze anos de desemprego. Eu já fui chamado de lixo.


Sobre discriminação.

Você não pode negar que os crentes não sofram discrimações neste país. Basta assistir as novelas da Globo e ler a revista Época e Veja. Hoje certamente menos, mas nos anos 70 quando me converti a coisa era muito pior.

Três fatos apenas: fui "convidado" a deixar a casa dos pais, por preconceito religioso e pressão do padre. Fui ameaçado de demissão( com gritos e etc) por não comprar cigarros para o patrão.

O termo discrinação é muito subjetivo. Há uma falta de entedimento entre o pensamento evangélico e o pensamento dos homossexuais brasileiros.

Estamos em uma democracia, temos representantes políticos, nós como cidadãos devemos mesmo atuar politicamente e abandonarmos o comportamento omisso que herdamos da famigerada ditadura. Quem se organizar melhor e convencer com idéias firmes e razoáveis os agentes do Congresso Nacional, leva. A democracia não é perfeita, mas é mesmo uma imposição das idéias de uma maioria.

Falo por mim, e não penso de forma diferente da maioria dos crentes MODERADOS: quero continuar tendo o direito de CRITICAR a OPÇÃO ao homossexualismo.O direito de expressar o meu pensamento de que não concordo com esta opção, nem com o racismo, nem com o nazismo, nem com o ateísmo, nem com a corrupção, o sistema educacional brasileiro, as condições do cárcere no Brasil, nem com o trabalho escravo.

Ora, se eu tenho cansado de receber emails do tipo "crente bom é crente morto", "crentes são o atraso do mundo" que a Bíblia é uma porcaria, se podemos sofrer críticas, de toda forma inclusive as de ranço nazista, por que então, de repente por um instrumento legal a crítica a opção homossexual é discriminação e vai dar cadeia?

Isso para mim é um arbítrio. A discriminação da discrinação.

Daí, entendo perfeitamente que foi legal a manifestação evangélica lá em Brasília. Coisa que nunca antes aconteceu. E Tem uma explicação a postagem de tantas fotos que fiz. Sou um jornalista, sem diploma mas sou. Eu sabia que as pessoas se interessariam em ver as fotos, daí fui eficiente em meu trabalho.

De forma alguma foi para afrontar nenhum homossexual. Em jornalismo isto se chama "furo de reportagem" Eu sabia que estava diante de uma matéria "quente" e exerci o meu papel. Chamei a atenção do Brasil inteiro para meu trabalho.

Sobre os grupos de racismo americanos.

Não confunda o racismo dos brancos americanos, com o comportamento dos crentes brasileiros. Não existe nada entre uma coisa e outra. Saiba que o movimento pentecostal do Brasil teve origem na Rua Asuza em Los Angeles, liderado por um crente negro. Willian J. Seymour. A pessoa que mais publicou e traduziu coisas de Martin Luther King para o português nestes últimos dois anos fui eu. Fiz uma série de publicações pela segunda semana de Janeiro quando é comemorado o aniversário dele. Eu sei tudo sobre o movimento dele, e me indentifico com seu pensamento. Tenho usado a nãoviolência para combater o preconceito das novelas da Globo, estimulando o boicote aos produtos patrocinadores delas.

No Brasil, você nunca viu falar que brancos se reuniam para por fogo em igrejas de ninguém. Nós crentes nunca nos reunimos para fundar sociedades secretas para agredir ou matar homossexuais. E, isso nunca vai acontecer isto.

Eu não sei sinceramente de onde estão tirando esta conversa. Isso é fermento (sofisma) que está induzindo muitos homossexuais a acharem que esta mentira é uma verdade. Crentes e homossexuais têm diferenças ideológicas e comportamentais. Mas de nossa parte não existe uma grama sequer de ódio. Podemos nos divergir nas idéias mas apenas nelas.

Insisto em dizer que há muitas mentes fracas por aí. Esta animosidade que estão plantando entre homossexuais e crentes é inoportuna. A paz sempre é o melhor caminho, e o mais difícil de andar.

Neonazistas,(Skin Heads) sim têm espancado e matado homossexuais no Brasil. Crentes e católicos, não!

Se na atualidade algum pastor destratar ou humilhar publicamente alguma pessoa quer seja por opção sexual ou cor de pele ou coisa parecida, não vai ter a reprovação da maioria dos crentes. Não estamos mais em um tempo que pode se fazer de tudo em cima de um púlpito. A tendência é que as lideranças das Igrejas aprendam a ser cada vez mais hospitaleiras, sob pena de ficarem com as Igrejas vazias.

Sobre sua conclusão:

Se você considera uma IDEOLOGIA PRECONCEITUOSA E DISCRIMINATÓRIA o direito constitucional dos crentes de expressarem suas opiniões de forma livre e democrática, enquanto ACEITAM as críticas da sociedade, eu creio que temos um mal entendido.

A mim se me parece que um projeto de lei que propugna mudar uma Constituição para amparar a proibição de CRÍTICA à um segmento social dando-lhe prerrogativas que ninguém mais tem, trata-se de uma medida espúria que visa introzir um sistema de castas no País, onde querem transformar os crentes em párias.


De Maiakovsky,

"É PRECISO AGIR"

Na primeira noite
eles se aproximam
e colhem uma flor
em nosso jardim.
E não dizemos nada.


Na segunda noite,
já não se escondem :
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.

Até que um dia,
o mais frágil deles,
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a lua, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.

E, porque não dissemos nada,
já não podemos dizer nada.

-------------------

Com carinho e respeito,

João Cruzué

.

Joao Cruzue disse...

.

Para Leonardo.

Entendo seu ponto de vista. Agredir e humilhar publicamente uma pessoa seja de que segmento social for, é crime mesmo.

Agora uma coisa é homofobia, e outra é querer mudar uma constituição para PROIBIR e tipificar como crime a CRÍTICA a um comportamento sexual é inaceitável.

É preciso que o texto deste instrumento legal esteja bem claro que o povo crente se torne mais discriminado do que já é.

Posso conviver perfeitamente bem e tratar cordialmente qualquer pessoa indiferente do que pensa e é, mas não posso ficar omisso quando uma nuvem de inconstitucionalidade vem amparar pessoas que são declaradamente inimigas dos crentes.

E elas existem e andam espalhando pelos orkuts da vida que "crente bom é crente morto"

Concluindo, sinceridade, não tenho visto nenhum esforço, da parte dos leitores deste tópico em entender uma coisa: Os crentes moderados, como eu, desta nação não apoiam nem aceitam nem estimulam ninguém a humilhar e discriminar publicamente nem ocultamente os homossexuais. Para nós eles como pessoas são pessoas comuns, iguais a nós. O que não queremos é que um projeto de Lei com um texto ambíguo torne a CRÍTICA a opção homossexual um crime.

Se eu posso receber críticas à minha FORMA DE PENSAR e conviver pacificamente com isto, porque não posso dizer que não concordo com a opção ao homossexualismo?

Obrigado, pela sua participação.


.

Crazy Diamond disse...

olha, você parece conhecer um pouco de direito, mas tem algumas coisas: nenhuma lei só vale a letra. teoria tridimensional do direito(fato, VALOR e norma), toda lei protege um valor, e num PRINCIPALMENTE valor subjetivo(como é o caso) o espírito da lei vale mais.
leia também a respeito da filosofia de Rawls e Montesquieu. pra alcançar a igualdade, é necessário que a lei beneficie os "excluídos" mais que a maioria, pra que se alcance a igualdade. é o mesmo caso da lei Maria da Penha.
e só pra constar, se você acha que se os homossexuais tem o direito de criticar a bíblia e vocês não tem de criticá-los, lembre que no brasil a liberdade religiosa também existe, então, você também tem seus direitos.

Anônimo disse...

Olha, se uma lei dessa é aprovada. Não importa se você não quer "queimar" homossexuais, mas se não existir uma lei, alguns religiosos radicais irão queimar homossexuais.

Por que não foram lá pedir para aprovar uma lei que proíba a crítica ou perseguição de fiéis? Porque vocês são preconceituosos e homofóbicos, a lei é LAICA!
O homem não tem de regredir à Idade Média, daqui a pouco vão querer ter direito a bater, prender, linchar pessoas que não acreditam no seu Todo Poderoso.

Você acha mesmo que Jesus iria querer uma lei desta?

Viva ao amor livre! Viva a escolha! Viva a liberdade de não acreditar em Deus! Viva o fim da Inquisição!

Juliana disse...

Muito me entristece essa manifestação.
Se segundo vocês mesmos, o próprio Deus-todo-poderoso nos criou com livre arbítrio, quem pensam que são para legislarem a vida dos outros dessa maneira???
Homossexuais não estão a prejudicar ninguém, logo não há qualquer justificativa para tal interferência, que não seja pura dominação e arrogância.
A crença é de vocês, então sigam vocês!
Não me venham falar em democracia, pois o que estão propondo é empurrar sua religião à força sobre o direito de outras pessoas não-interessadas em conversão.
É esse tipo de coisa que causa tanta guerra e discórdia entre nós mesmos.
Lamentável. Simplesmente lamentável.
ACORDA, BRASIL, PELO AMOR DE DEUS!!!

Joao Cruzue disse...

.

Réplica à Juliana.


Obrigado pela Participação.

Não estamos propondo nada. O PL 122 é proposição dos GLTBS.

Estamos exercendo o direito inalienável que temos de nos manifestar com ordem e clareza.

Nada do que eu disser aqui vai convencer nenhum Homossexual.

Eu já li o parecer da relatoria do Projeto. A redação das mudanças está ambígua.

Aqui está um trecho de autoria de Iara Bernardi:

"A reivindicação pela garantia de liberdades individuais e pela inclusão da não-discriminação por orientação sexual nas normas vigentes marca uma fase importante no surgimento de homossexuais e transgêneros como sujeitos de expressão própria, de direitos universais e diferenciados. Nesse processo, consagra-se a expressão “orientação sexual”, para referir simultaneamente o desejo e a publicização da diferença, de modo a desconstruir as referências de crime, pecado e doença”.

Nós evangélicos e católicos somos contra esta redação, porque, além de homossexuais dentro do termo "ORIENTAÇÃO SEXUAL" também está contido o PEDÓFILO, O NECRÓFILO...

Os crentes não estão tolhendo a liberdade de escolha de ninguém. Quem está a fim de tirar a nossa liberdade de usar a Bíblia e de criticar a opção homossexual, são vocês.

Estamos nos defendendo.



.

Spoken disse...

Mas que merda! Antigamente perseguiam as mulheres, os negros e agora os homossexuais. Não sabe que é um estado LAICO? Sou a favor SIM dessa lei, enquanto não for aprovada, ainda teremos que ver travestis sendo queimados vivos e gays sendo espancados e discriminados. Religião NÃO deve se misturar com política, cada um no seu quadrado. Além de homofóbicos, são hipócritas ainda. Porque ao invés de protestar contra essa lei, não protestam contra o abuso dos impostos, contra essa sem-vergonhice da corrupção, contra o mal atendimentos nos hospitais dos SUS? Muita gente tá morrendo nos hospitais por causa de vagas e vocês se preocupando com o que duas pessoas do mesmo sexo que se amam fazem entre quatro paredes?
Lamentável...

Shadow disse...

.

Réplica ao "Spoken"

Este é uma país laico, disse bem. Se estão queimando e matando gays - com certeza não pela mão de crentes nem de pastores nem dentro de Igrejas.

A questão não sobre casamentos gays, Mas sobre uma alteração perigosa na Carta Magna.

Desde quando o termo "preferências sexuais" que está no projeto significa literalmente benefício a homossexuais?

Acho que você têm um problema de letramento. Só enxerga o que lhe interessa. Se abrisse um pouco mais os olhos, veria o que a sociedade brasileira e os crentesw vêm: que alguns grupos de homossexuais estão organizados e se mantém ativos com dinheiro público, que vem dos impostos.

Que eu pago! Que a sociedade brasileira paga.

Por que em lugar de torrar dinheiro público com organização de paradas gays, não se aplica estes fundos nas associações gays que cuidam, por exemplo, de aidéticos?

Quem é que não sabe que que elas estão à míngua?

Quero terminar, dizendo que se este país não tivesse uma Constituição que defendesse a liberdade de expressão, pessoas facistascomo você já teriam acabado com a liberdade de crítica da imprensa.

O que está em jogo é a liberdade de expressão, e não picuinhas de casamentos com pessoas do mesmo sexo.

Que se melhore o texto da lei, para não deixar brecha para pedófilos e outros ófilos serem inocentados de crimes em respeito a "preferência sexual".