terça-feira, maio 28, 2013

A igreja brasileira e a mordomia cristã, se é que ainda sabemos o que é isso


Entro na loja gospel da esquina e comprovo: Recursos para capacitação/discipulado/evangelização produzidos não por empresas, mas por entidades denominacionais brasileiras  (ou seja, ligadas a igrejas/denominações e que EM TESE não deveriam objetivar o lucro) são vendidos com toda pompa e circunstância, pelo preço 'de mercado'. Sem traumas. Enquanto isso, nos EUA há tantos recursos gratuitos (muitos produzidos por pequenos ministérios independentes) que você nem sabe o que escolher ou ler primeiro... 
 O tempo passa e não aprendemos. Editoras denominacionais como a CPAD (editora da maior igreja do Brasil, a Assembléia, da qual faço parte) não oferece nada de graça. Uma grande missão de apoio a lideranças (que prefiro não citar o nome) agora oferece cursos online... cursos pagos, e pagos bem caro. 
O que há conosco? Onde nos perdemos em nossa mordomia (missão/dom/obrigação de servir) cristã? Não consegue-se arcar com os custos de produzir algo e disponibilizar de graça para a igreja? Pois então traduza material gratuito americano, inglês, canadense ou em espanhol, e disponibilize!!! Vamos lá, igreja! Podemos acabar com o analfabetismo e semi-analfabetismo teológico, missiológico, em alguns poucos anos. Se eu pudesse, faria isso sistematicamente. Mas não sou tradutor; meus contatos com diversos tradutores tentando sensibilizá-los redundaram em conversas e desconversas, ou seja, em nada. 
 Visite meus blogs Arsenal do Crente e Veredas Missionárias e você encontrará toneladas de recursos gratuitos, alguns deles em português - mas quase sempre produzidos por estrangeiros. Os caras produzem e traduzem em nossa língua, dão-se ao trabalho de fazer O NOSSO TRABALHO. 
A quem honra, honra; vergonha para quem a merece. 
 Quando converteremos nossos bolsos, nosso trabalho para Cristo?

Sammis Reachers

Um comentário:

chris vogas disse...

Thanks for sharing such valuable information..
Igreja Crista Brasileira Casino