segunda-feira, junho 29, 2009

Igreja Batista - 130 anos em Angola




A Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), celebrou, em 28 de Setembro 2008 , em Mbanza Kongo, província do Zaire, os 130 anos de sua existência em Angola, com um culto de acção de graças. A data assinala a chegada dos primeiros protestantes britânicos na primeira estação missionária de Mbanza-Kongo (ex-São Salvador do Kongo), província do Zaire.

O culto de acção de graças juntou para além de centenas de fiéis oriundos de distintas regiões eclesiásticas do país e da diáspora, representantes de partidos políticos, autoridades tradicionais e governantes, com destaque para o governador provincial, Pedro Sebastião.

Assistiram ainda ao acto, a directora nacional para os assuntos religiosos, Fátima Viegas, em representação do ministro da cultura, Boaventura Cardoso e o secretário-geral do Conselho das Igrejas Cristãs em Angola (CICA), reverendo Luís Nguimbi.

O acto foi animado por 30 grupos corais oriundos das distintas regiões eclesiásticas do país e da República Democrática do Congo.

No culto, o reverendo da Igreja Evangélica Baptista, João Matuwawana, exortou os fiéis da congregação a transformar o 28 de Setembro numa data de reflexão, a julgar pelo papel que os primeiros missionários britânicos desempenharam na evangelização do povo angolano desde o longínquo ano de 1878.


“Um dos desafios que também teremos daqui em diante, será o de expandir o nosso evangelho por todo o país, uma vez a IEBA estar implantada em 12 das 18 províncias de Angola, e na diáspora.

No domínio social, o religioso reafirmou o engajamento da congregação, como parceiro do Governo em continuar a edificar infra-estruturas sociais nos sectores da educação e saúde em prol das populações.


FONTE: ANGOP

Um comentário:

leoleo disse...

Glória a Deus pela vida de vocês, que o Espírito Santo continue a usar a cada dia mais!!

Um forte abraço

Leonardo Santos
www.imanacial.com.br