quinta-feira, novembro 13, 2008

Salmo 43 - O resultado da oração em três atos


Photobucket
Galiléia

"Mas graças a Deus que nos dá a Vitória
Por Nosso Senhor Jesus Cristo."
message in english
João Cruzué

Alguma vez você já reparou na mensagem do Salmo 43? Mesmo com tão poucos versículos o Senhor já falou comigo através dele e com certeza pode falar de uma maneira muito especial com você.

Ano passado fui contratado para realizar um trabalho profissional - o treinamento de uma pessoa. Para isso foi combinado e ajustado uma remuneração a ser paga em duas vezes. Realizei o treinamento, mas não consegui ver a cor do dinheiro; nem o transporte até o local tinha sido reembolsado. Um prejuízo inesperado. E como aquele $ fez-me falta. Quem sabe você esteja passando também por dias parecidos? (veja nota no rodapé)

SALMO 43
"Faze-me justiça, ó Deus, e pleiteia a minha causa contra a nação contenciosa; livra-me do homem fraudulento e injusto. Pois tu és o Deus da minha fortaleza. Por que me rejeitas? Por que hei de andar eu lamentando sob a opressão dos meus inimigos?

Envia a tua luz e a tua verdade, para que me guiem e me levem ao teu santo monte e aos teus tabernáculos. Então, irei ao altar de Deus, de Deus, que é a minha grande alegria; ao som da harpa eu te louvarei, ó Deus, Deus meu.

Por que estás abatida, ó minh'alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu."

Nos primeiros versículos do Salmo, o autor, muito aborrecido, reclama com Deus, pois sendo Ele poderoso, por que não resolvera sua causa? Depois, mudou de idéia. Ponderou que não valeria a pena ficar lamentando o prejuízo.

Nos versículos do segundo parágrafo, Davi orou pedindo uma direção para se aproximar mais de Deus em lugar de ficar murmurando. Considerava que o Senhor tinha muito mais a dar do que o inimigo para roubar, com ânimo renovado, vislumbrava dias vitóriosos, e, já se via louvando ao Senhor com alegria ao som da sua harpa.

Depois de recobrar o ânimo e sentir a alegria da presença de Deus, Davi falou consigo mesmo: "Por que estás abatida ó minha alma, e por que te perturbas tanto dentro de mim..." - olhando, quem sabe, para aquele prejuízo que ficou lá atrás? Espera em Deus, só mais um pouco, porque mais cedo do que pensa, há de me ver louvando e alegrando-me na Presença do Senhor" O salmista neste ponto, olhavar para frente e sabia que uma bênção muito maior esperava por ele no futuro.

O prazer do diabo é que você e eu fiquemos eternamente focando o passado e lamentando um prejuízo eternamente. Se nós, ao contrário, buscarmos a Deus em oração, como fez o autor do Salmo, haveremos de nos alegrar com a presença de Deus.

É isto que O Senhor sempre fala ao meu coração, e também a esta altura, já tem falado ao seu. "Mas graças a Deus que nos dá a vitória, por nosso Senhor Jesus Cristo." I Coríntios 15:57.


A resposta da minha oração: Em 08 de setembro/2008, 14 meses depois, o Senhor ouviu minha oração e cuidou para que eu recebesse integralmente pelo trabalho que prestei. Fiquei sempre em oração; de tempos em tempo cobrava de maneira educada, nunca usando do confronto. Esperei com paciência, pois sabia que se o Senhor quisesse aquela "grana" viria para o bolso daminha família. Eu já sabia por outras experiências minhas, que aquilo que Deus nos dá, o para levar coisas cada vez maiores. Tiago estava certo quando escreveu: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vos".

Se você gostou, tenho mais em: Mensagens de João Cruzué


João Cruzué
Blog Olhar Cristão
cruzue@gmail.com

.
.

2 comentários:

Pe. Eugênio Ribeiro disse...

Gostei de suas reflexões sobre este Salmo. Este Salmo também é muito estimado por mim e usado em oração em alguns momentos de maior exigência.
Rev. Eugênio Ribeiro, Sh
http://reverendoeugenio.blogspot.com/

Joao Cruzue disse...

.

Pe Eugênio Ribeiro,

Foi muito gentil de sua parte fazer este belo comentário em nosso blog.

Obrigado pela visita, e um abraço cristão.


.